Fórum Habbosal

Habbo, Games, Tecnologias, etc.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 Skylake


Moderador Global
Moderador Global
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Lembra daquela história recente de hackear uma BMW usando apenas com um navegador? Pois bem, parece que a Fiat Chrysler não quer passar pelo mesmo problema e, para isso, ela está contando com a ajuda daqueles que representam o maior risco para os carros conectados: os hackers.

A empresa está pagando entre US$ 150 (R$ 487) e US$ 1,5 mil (R$ 4,8 mil) para os profissionais que encontrarem e alertarem a companhia sobre possíveis brechas na segurança dos sistemas utilizados em seus veículos. Como dizem por aí: se não pode contra eles, junte-se a eles. Ou ofereça dinheiro, dá quase na mesma.

A iniciativa, que não é bem uma novidade, veio de uma parceria com a Bugcrowd Inc., baseada em São Francisco, nos EUA, que organiza programas de "caça à recompensa" que compensam hackers que optam por ajudar as companhias.

Essa mesma empresa trabalha com a Tesla, desde que a empresa de Elon Musk descobriu uma falha grave, divulgada especialistas em segurança, que permitia que um Model S fosse desligado através de uma invasão ao sistema de entretenimento – como em todo bom computador sobre rodas, tudo foi resolvido através de um patch.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Especialistas em segurança conseguiram descobrir uma forma de desligar um Tesla Model S através do sistema de infotainment
No caso da Fiat Chrysler, o ponto crítico foi uma demonstração feita por dois pesquisadores que conseguiram assumir o controle de um Jeep Cherokee à distância, usando um laptop, enquanto o veículo trafegava por uma estrada. O modelo teve que ser submetido a um recall para resolver o problema, mas recalls não fazem bem para a marca.


Com uma carga tão grande de eletrônicos, conectividade e uma crescente no uso do conceito "smartcar", as montadoras estão cada vez mais preocupadas com a segurança cibernética de seus veículos, que podem ser alvos de roubos de informações ou até mesmo, em casos mais bizarros, de sequestros remotos ao travar os motoristas dentro dos carros e só destravá-lo depois do pagamento de um resgate.



É por isso que, além de contar com equipes de cibersegurança, as montadoras estão apelando também para ajuda de fora. A iniciativa da Fiat Chrysler e da Tesla já é bem comum em outros meios da tecnologia e a parceria improvável tem rendido bons resultados para as empresas.



Fonte
Tecmundo









Ver perfil do usuário http://habbosal.forumeiros.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum